Instalação de composteiras nas Vilas

Conforme e-mail enviado pelo nosso GT- Áreas Verdes temos uma proposta para implantação de duas composteiras nas vilas como projeto piloto  apenas para podas de arvores e jardins.

Lembramos que esta pauta faz parte do nosso projeto do PLANO REGIONAL entregue a SMDU em 2016.

A grande maioria se mostrou a favor e outros moradores solicitaram mais esclarecimentos.

Há a necessidade de esclarecimentos adicionais pois alguns moradores desconhecem o processo de como funciona uma composteira  e a confundem com uma usina de lixo. Não se trata de uma usina ou deposito de lixo e o processo  é muito diferente. Em breve faremos um reunião para maiores esclarecimentos sobre o projeto.

Antes de qualquer controvérsia informamos que nenhum local ou a forma de como será feita a compostagem foi definida .

Compostagem é o segundo passo do gerenciamento de resíduos sendo que o primeiro é a reciclagem que foi implentanda a alguns anos pelos próprios moradores e posteriormente encampada pela prefeitura. Levou algum tempo para que a população aderisse e hoje a coleta seletiva faz parte do dia a dia de quase todos.

Para nós moradores de uma megalópoles com milhões de habitantes, quantidade imensa  veículos emitindo CO2, asfalto, concreto e milhões de toneladas de resíduos gerados pela população …é imperativo que todos nós tenhamos um cuidado especial com o meio-ambiente e olharmos para o futuro de uma maneira mais inteligente .

Muitos de nós aqui no bairro temos mini composteira em casa e já fazemos o processo de maneira individual, mas se todos fizermos a nossa parte reduziremos nossos resíduos e as gerações futuras agradecerão. Uma maneira de educar nossos filhos e passar uma visão mais sustentável.

Temos a certeza de que todos somos a favor de um gerenciamento melhor dos nossos resíduos, basta apenas definirmos como este projeto sera executado.

ABAIXO ALGUMAS VANTAGENS DA COMPOSTAGEM – ( texto extraído do blog gestãoambiental.wordpress.com )

A compostagem é um processo ecológico, simples e fácil que contribui para diminuir a carga que o excesso de resíduos sólidos exerce sobre o ambiente.

 A Compostagem é uma forma de eliminar metade do problema dos resíduos sólidos urbanos, dando um destino útil aos resíduos orgânicos, evitando a sua acumulação em aterro e melhora a estrutura do solo, devolvendo à terra os nutrientes de que necessita, aumentando a sua capacidade de retenção de água, permitindo o controlo da erosão e evitando o uso de fertilizantes sintéticos.

Este processo permite tratar os resíduos orgânicos domésticos (restos de comida e resíduos de jardim) bem como os resíduos provenientes da limpeza de jardins e parques públicos.

Por um lado ajuda a reduzir a quantidade de resíduos a depositar e, por outro, elimina e neutraliza certas contaminações dos restantes resíduos provocadas pelos resíduos orgânicos.

Apresenta também grandes vantagens para as plantas, uso do composto diminui a ocorrência de determinadas pragas nas plantas e, ao melhorar as características do solo, o composto contribui para a vitalidade das mesmas.

Eliminação de agentes patogênicos (bactérias, vírus, parasitas) presentes na matéria orgânica; Transformação de materiais instáveis e poluentes em materiais mais estáveis e com menor impacte ambiental sobre o ar, águas e solos;

Redução do volume, massa e teor de umidade dos resíduos: a compostagem permite reduzir até três terços do volume inicial de resíduos orgânicos, diminuindo os custos associados com a recolha de resíduos.

Reciclagem e valorização da fração biodegradável dos resíduos domésticos, reduzindo a sua carga poluente e o espaço disponível para a deposição em aterro; Reciclagem de nutrientes contidos nos resíduos orgânicos, necessários para o solo.

Produção de um aditivo orgânico e fertilizante natural, sem produtos tóxicos, para solos agrícolas, melhorando a sua fertilidade e produtividade;

Quando aplicado no solo, o composto reduz a necessidade de herbicidas e pesticidas químicos, aumenta a resistência das plantas a doenças e pragas, melhora a capacidade de retenção de água e de nutrientes, reduz a erosão e a carga poluente da agricultura intensiva.

Potencial de educação ambiental: a compostagem é um processo de valorização de resíduos que pode ser feito em casa, na escola e no trabalho, e ser uma experiência pedagógica sobre a proteção do ambiente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *